O que deves saber quando te candidatas a Recepcionista

Tudo  que deves saber quando uma unidade de alojamento publica uma vaga de emprego.

Um exemplo de um anúncio com a respectiva tradução.

 

• Boa apresentação (É bom que te apresentes sempre no teu melhor – imagina que tens um casamento 5 dias por semana);

 

• Flexibilidade (Significa que trabalhas por turnos, de forma rotativa, muitas vezes turnos diferentes na mesma semana);

 

• Polivalência (O anúncio é para recepcionista (de 2º!!!), mas não te admires se fores também bagageiro, barman, responsável de manutenção e quem sabe até dês uma mãozinha na limpeza dos quartos);

 

• Línguas (Quantas mais melhor! Se tiveres certificados para obteres subsídios de línguas, fantástico, não garanto é que o hotel te conceda esses subsídios, mas não desanimes, ao menos falas muitas línguas, não é para qualquer um…);

 

• Humildade (É bom que te habitues a uma vida humilde, é tudo o que a recepção tem para te oferecer…);

 

• Capacidade inata de sorrir (Bem, este é talvez o requisito mais difícil de todos. Quem ainda tem vontade de sorrir?);

 

• Oferecemos salário compatível com a função. (Esqueçam o que disse no ponto anterior pois acreditem em mim, quanto descobrirem o salário que vos têm para oferecer vão recuperar a vossa capacidade inata para sorrir);

 

 

*É claro que isto é uma espécie de crítica sarcástica pela situação que muitos dos nossos colegas vivem, no entanto, nunca devemos baixar a cabeça e estar sempre no nosso melhor.

 

Artigo por Caio Morais em colaboração com a Quasetudo